Usuários de antidepressivos sentem redução na libido após uso dos medicamentos

0
221

Saiu no jornal Folha de São Paulo (25/11/2023), matéria sobre a redução da libido causada por antidepressivos. Usuários reclamam que os remédios dificultam até mesmo manter relações românticas.

“Médicos e pacientes há muito tempo sabem que os antidepressivos podem causar problemas sexuais. Falta de libido. Orgasmos sem prazer. Genitais insensíveis. Bem mais da metade das pessoas que tomam esses medicamentos relatam tais efeitos colaterais.”

A novidade é que agora, um grupo de pacientes, vêm relatando que esses problemas parecem persistir até mesmo após interromperem o uso de antidepressivos. Autoridades de saúde da Europa e do Canadá já reconheceram que tais medicamentos podem levar a problemas sexuais duradouros.

Ainda não existem muitos estudos que analisam o que acontece quando as pessoas param de tomar tais medicamentos, além disso, uma dificuldade é que muitas pessoas nunca param de tomar antidepressivos. Porém, um estudo recente em Israel mostrou que 1 a cada 216 homens que interromperam o uso de antidepressivos, receberam prescrição para o uso de medicamentos para disfunção erétil. Uma taxa cerca de três vezes maior que a população em geral.

“Acredito que mal começamos a apreciar a abrangência e a complexidade do impacto desses medicamentos na sexualidade”, escreveu Audrey Bahrick, na época psicóloga da Universidade de Iowa (EUA).”