Johann Hari e seu último livro: Lost Connections

Mad in America podcast, episódio 30

0
578

James MooreEsta semana, no MIA Radio, James Moore entrevistou o jornalista e autor Johann Hari. Johann é hoje um dos mais importantes cientistas e escritores de ciências sociais. Além de escrever regularmente para o jornal New York Times e o Independent, ele tem escrito uma farta literatura sobre questões de ciências sociais e direitos humanos. Seu livro de 2015 Chasing the Scream: The First and Last Days of the War on Drugs desafia o que acreditamos sobre o vício, e a sua conversa em TED sobre as nossas respostas ao vício já foi vista mais de 20 milhões de vezes.

Johann recebeu duas vezes a designação de “Jornalista do Ano” pela Anistia Internacional. E ele foi nomeado “Comentador Cultural do Ano” e “Comentador Ambiental do Ano” no Comment Awards.

Nesta entrevista, conversamos sobre o último livro de Johann, , Lost Connections: Uncovering the Real causes of Depression and the Unexpected Solutions, que foi chamado de “mudando o jogo” e recebeu aplausos por sua explicação sobre as questões sociais e culturais que levam à depressão e à ansiedade.

 

 

Na entrevista, discutimos:

  • Como Johann se interessou pelo jornalismo e começou a escrever sobre questões de justiça social e direitos humanos.
  • O que o levou a querer escrever um livro parcialmente baseado em suas próprias experiências com depressão e ansiedade, mas também que fornece evidências de questões sociais e culturais que podem estar subjacentes ao aumento dramático no número de pessoas que procuram apoio para sofrimento emocional.
  • Os fatos por trás da teoria do desequilíbrio químico da doença mental.
  • O papel do modelo bio-psicopedagógico do sofrimento mental e o motivo pelo qual podemos ter focado predominantemente nas intervenções biológicas.
  • Prescrição social como meio para permitir a conexão entre pessoas que lutam com depressão e ansiedade.
  • A Escala de Depressão de Hamilton nos mostra que o efeito de drogas antidepressivas é pequeno quando comparado às melhorias que podem ser alcançadas sem terapia medicamentosa.
  • Como Johann gostaria de alargar a definição do que pode ser considerado um “antidepressivo”.
  • Como a falta de poder está muitas vezes no cerne da má saúde.
  • Como o estigma se relaciona com nossas percepções de um indivíduo que é rotulado com doenças mentais e como ele muda quando passamos a pensar que alguém tem um problema biológico.
  • As experiências de Johann no distrito de Kotti em Berlim.
  • Que as pessoas possam ouvir o áudio das muitas entrevistas realizadas para o livro em https://thelostconnections.com

Links importantes:

Lost Connections: Uncovering the Real causes of Depression and the Unexpected Solutions

Johann Hari talk at the Royal Society for the encouragement of Arts, Manufacturers and Commerce (RSA)

Chasing the Scream: The First and Last Days of the War on Drugs

TED Talk, Everything you think you know about addition is wrong

Para entrar em contato conosco, basta colocar como título podcast: [email protected]

 

© Mad in Brasil 2018

 

Artigo anteriorOs Efeitos da Prática da Psicoterapia na Vida Pessoal dos Terapeutas
Próximo artigoAntidepressivos Salvam as Pessoas do Suicídio, correto?
James Moore
http://www.jfmoore.co.uk James Moore experimentou o sistema psiquiátrico e os remédios psiquiátricos na própria pele, após uma crise psicológica relacionada ao estresse. Acreditando estar fundamentalmente quebrado, passou muitos anos em drogas psiquiátricas, antes de despertar para a realidade de que a psiquiatria tem poucas respostas para dificuldades humanas. James produz e hospeda o primeiro podcast da comunidade do Mad, no qual ele entrevista especialistas e aqueles com experiência vivida, para desafiar alguns conceitos errôneos comuns sobre psiquiatria, drogas psiquiátricas e o modelo bio-médico.

Deixe uma resposta