Pesquisa investiga como o trauma pode ser transmitido entre gerações

0
348

Saiu na Agência Fapesp: Pesquisadores da Columbia University e da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) estudam os mecanismos de transmissão envolvidos no chamado trauma intergeracional.

“Sabe-se que as mães com histórico de experiências adversas na infância têm risco aumentado de gerar filhos que logo após o nascimento apresentam alteração em alguns circuitos cerebrais responsáveis pelo controle cognitivo. Aos 24 meses é possível identificar essas alterações no desenvolvimento. Por volta dos cinco ou seis anos, essas crianças apresentam risco aumentado de desenvolver comportamentos impulsivos”

A pesquisa apoiada pela Fapesp e pelos National Institute of Health (NHI) pretende avaliar 580 grávidas atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) de Guarulhos – SP. Estas serão divididas ainda em dois grupos comparativos, mulheres que sofreram algum tipo de trauma na infância e aquelas que não vivenciaram tais problemas.

Leia matéria completa → (Link)