Sintomas de abstinência do antidepressivo são graves, diz novo artigo

0
125

Matéria no The Gardian, traz uma revisão publicada na revista Addictive Behaviors sobre os efeitos da abstinência com a retirada de drogas antidepressivas, e que foi realizada a pedido do grupo parlamentar para a dependência de drogas prescritas, com representantes de todos os partidos britânicos. Os autores dessa revisão são o Dr. James Davies da University of Roehampton e o Prof. John Read da University of East London. o que o relatório mostra é que a orientação do Nice (Instituto Nacional de Saúde e Excelência em Cuidados – Reino Unido) sobre os sintomas de abstinência dos antidepressivos deveria ser urgentemente modificada. Por que?  Porque O Nice afirma que estes sintomas “são geralmente leves e autolimitados em cerca de uma semana”, porém o estudo que acaba de ser realizado mostra que esses sintomas são muito severos, o que poderia estar levando as pessoas a consumirem essas drogas por mais tempo.

“Esta nova revisão da literatura científica revela o que muitos pacientes têm conhecido há anos – que a retirada de antidepressivos, muitas vezes provoca sintomas graves e debilitantes que podem durar semanas, meses ou mais”, disse o Dr. James Davies.

“As diretrizes existentes de Nice não reconhecem o quão comum é a retirada e sugerem erroneamente que ela geralmente é resolvida no período de uma semana. Isso leva muitos médicos a diagnosticar erroneamente os sintomas de abstinência como recaída, resultando em prescrições de longo prazo desnecessárias e prejudiciais. ”

2800

O artigo →

– – –

N.R. John Read estará conosco durante o 2º Seminário Internacional Epidemia das Drogas Psiquiátricas – que será realizado na ENSP/Fiocruz durante os dias 29, 30 e 31 de outubro de 2018.

 

Deixe uma resposta