O reconhecimento oficial que os Antidepressivos produzem Sintomas de Abstinência

É urgente que a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) reoriente as suas atuais diretrizes!

0
262

Do British Medical Journal. O Instituto Nacional de Excelência em Saúde e Cuidados (NICE) alterou suas diretrizes sobre depressão,  reconhecendo a gravidade e a duração dos sintomas de abstinência de antidepressivos.

As orientações sobre o tratamento da depressão em adultos afirmam que os sintomas de abstinência podem ser graves e prolongados em ‘alguns pacientes’.

As diretrizes anteriores do NICE, publicadas originalmente em 2009 e atualizadas no ano passado, diziam que os sintomas de abstinência são “geralmente leves e auto-limitados por cerca de uma semana“.

Porém, em uma emenda, o NICE acaba de reconhecer que:

“há uma variação substancial na experiência das pessoas, com sintomas que duram muito mais (às vezes meses ou mais) e são significativamente graves para alguns pacientes”.

James Davies, psicoterapeuta e principal autor da carta publicada no The BMJ, diz que a mudança foi “extremamente significativa“.

Paul Chrisp, diretor do Centro de Diretrizes da NICE, diz o seguinte:

“Alteramos as diretrizes, para reconhecer as evidências emergentes sobre a gravidade e a duração dos sintomas de abstinência de antidepressivos.”

Aqui está o artigo do BMJ na íntegra →