Resultados incorretos relatados são ignorados pelos principais periódicos médicos

0
91

Publicado pelo Lown Institute: “Nos trabalhos recentemente publicados pelo projeto COMPare, pesquisadores do Centro de Medicina Baseada em Evidências, da Universidade de Oxford, se propuseram a descobrir como os erros de notificação de resultados predominantes estão presentes nas principais revistas médicas, e como essas revistas respondem às críticas.

O estudo COMPare é o primeiro a analisar sistematicamente como os periódicos respondem às solicitações de correções. Os pesquisadores analisaram todos os ensaios publicados durante um período de seis semanas em cinco principais revistas médicas que endossam o CONSORT (os periódicos foram JAMA, Annals of Internal Medicine, The BMJ, The New England Journal of Medicine, e The Journal of Medicine e The Lancet). Eles anotaram todas as pesquisas que tiveram um resultado relatado incorretamente e enviaram cartas aos periódicos para cada discrepância que precisava ser corrigida. Os resultados deste julgamento histórico devem nos deixar preocupados sobre como os periódicos médicos estão monitorando os relatos de resultados. Aqui está o porquê.”

Artigo →

Deixe uma resposta