Como Adolescentes Podem Diminuir o Impacto do Isolamento Social (Covid-19)

Os adolescentes podem ser privados de atividades importantes para seu desenvolvimento e bem-estar durante a quarentena. Por isso, a Unicef entrevistou a psicóloga Karen Scavacini sobre a proteção da saúde mental desses jovens.

0
200

Artigo publicado pelo site da Unicef -Brasil, fala sobre como os adolescentes podem proteger sua saúde mental durante o período de surto de Coronavírus (Covid-19).

O isolamento social se tornou uma medida importante para controlar o surto de coronavírus, mas exige uma atenção redobrada com os adolescentes. Com o fechamentos das escolas e eventos cancelados, os jovens podem perder atividades essências para o seu desenvolvimento e bem-estar.

Por isso, a Unicef conversou com a especialista brasileira Karen Scavacini, psicóloga fundadora do Instituto Vita Alere, que trouxe algumas dicas para os adolescentes:

  1. Reconheça que ter ansiedade é normal;
  2. Tenha uma rotina;
  3. Crie distrações, seja criativo;
  4. Encontre novas maneiras de se conectar com seus amigos;
  5. Use a tecnologia a ser favor;
  6. Concentre-se em você;
  7. Vivencie seus sentimentos;
  8. Seja gentil consigo mesmo e com os outros

Para saber mais, leia o artigo completo → (Link)