PRÁTICAS DIALÓGICAS EM DIFERENTES CONTEXTOS SOCIAIS

TV MIB. 3º. emissão. Em uma cidade partida, como gerar diálogos?

0
348

TV MIB

PRÁTICAS DIALÓGICAS EM DIFERENTES CONTEXTOS SOCIAIS

Na próxima sexta-feira, 24 de abril de 2020. Às 11:00 (hora Brasília).

Entrar na reunião Zoom
https://zoom.us/j/93064531600?pwd=YzRhNjdQNDlzaUpHRUVyOGh1bThCUT09

O COVID-19 forçou todos nós a novas formas de ser, novas maneiras de nos relacionarmos e novas maneiras de respondermos uns aos outros em tempos de crise. Essas novas maneiras revelam mais claramente do que nunca como o diálogo é essencial para a experiência humana.

O coronavírus tem sido algumas vezes chamado de um equalizador, porque tem adoecido tanto ricos quanto pobres, mas onde ele chega encontra parcelas significativas da nossa sociedade que já vivem em seu cotidiano o isolamento, o distanciamento, a marginalização social.

Que ideias pessoas com experiência de enfrentamento de situações de crise têm para oferecer a um mundo em crise? Dialogar com quem? Para o que? Como?

Debatedores:

Jaakko Seikkula

Finlândia. Ph.D. Professor de Psicoterapia da University of Jyväskylä. Membro da equipe original criadora da abordagem do Open Dialogue (Diálogo Aberto), em Western Lapland,  Finlândia. Com cerca de 190 artigos científicos publicados e dois livros traduzidos em quinze idiomas, um deles em breve será lançado pela Editora Fiocruz.

 

Sofía Calcena

Paraguaia. Psicóloga Clínica. Terapeuta familiar, com experiência de trabalho em consultório particular e em projetos sociais na área da infância com enfoque nos direitos. Especializada em práticas colaborativas e dialógicas. Atualmente realizando a formação de profissionais na abordagem do Diálogo Aberto.

Itamar Silva

RJ/Brasil. Jornalista. Nascido e morador do morro Santa Marta. Foi militante do Instituto de Pesquisa das Culturas Negras (IPCN) e do Movimento Negro Unificado (MNU), e da Pastoral de Favelas do Rio de Janeiro.  Criou o histórico jornal ECO, com os objetivos de ecoar as notícias do morro pra fora e de fora pra dentro. Diretor da Federação das Associações de Favelas do Rio de Janeiro (Faferj), na década de 80. Atualmente, coordenador do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (IBASE

Simone Silva

RJ/Brasil. Moradora da favela Santa Marta (Botafogo/Rio de Janeiro); Técnica de Enfermagem com Especialização Técnica em Saúde Mental – Escola Politécnica Joaquim Venâncio – EPJV/FIOCRUZ; Atuação em Enfermagem no CAPS III (Caps Maria do Socorro Santos – Rocinha) entre Maio 2015/Fev./2020. Agente Comunitário de Saúde/CF Santa Marta entre 2009/2012; Agente Comunitário de Políticas Públicas (Favela-Bairro/Projeto Santa Marta) pela SMH/SEMADUR entre 1999/2006.

Fernando Freitas  (mediador)

Rio de Janeiro. Psicólogo. PhD em Psicologia pela Université Catholique de Louvain. Pesquisador titular do LAPS/ENSP/FIOCRUZ.

Coeditor do site

 

***

Inscreva-se. Número limitado na sala de reunião.

https://zoom.us/j/93064531600?pwd=YzRhNjdQNDlzaUpHRUVyOGh1bThCUT09