Allen Frances: Salve o Sistema de Saúde Mental de Trieste

0
129

Em The Lancet, declaração feita pelo Dr. Allen Frances, coordenador da força tarefa do DSM-IV: “Para pessoas que nunca viram o modelo de Trieste em ação, pode parecer bom demais para ser verdade. Como pode qualquer sistema de saúde mental ajudar pacientes com condições graves e crônicas com tão poucas hospitalizações e tão pouco tratamento involuntário? Eu já estive entre os céticos profundos. Mas a imersão durante cinco visitas me convenceu de que Trieste é o melhor lugar do mundo para ser um paciente com um transtorno mental – onde as visitas aos pacientes nas prisões e nas ruas dos EUA me convenceram de que os EUA estão entre os piores. É impressionante como os pacientes se saem bem quando são bem tratados em Trieste; como ficam mais doentes quando são negligenciados nos EUA.

A abordagem de Trieste se baseia em quatro princípios: os pacientes são cidadãos merecedores de dignidade e respeito; há um grande valor terapêutico em incluí-los nas atividades diárias da cidade; o trabalho com a comunidade cria um tecido social inclusivo que acolhe os pacientes; e os pacientes funcionam melhor quando preservamos a sua liberdade e aproveitamos os seus pontos fortes.

Trieste promove a saúde mental com a sua ênfase nas relações interpessoais, no envolvimento familiar, na melhoria das condições de vida e nas oportunidades de trabalhar e se divertir. Tratamento involuntário, isolamento e portas fechadas são eliminados em um sistema que é marcadamente carinhoso e convidativo. A negligência nos EUA permite que sintomas agudos se tornem crônicos, permite que sintomas piores surjam e promove a desmoralização”.

Artigo →