A psicanálise libertária de François Tosquelles

0
162

O site Outras Palavras relembrou o médico e psicanalista espanhol que revolucionou o modelo de cuidado em psiquiatria e inspirou as lutas antimanicomiais no Brasil: François Tosquelles.

O livro Uma política da loucura conta com uma compilação de textos e entrevistas inéditas do psicanalista, organizado por Anderson Santos. Tosquelles é responsável pela experiência internacionalmente reverenciada conhecida como psicoterapia institucional.

Como afirma Paulo Amarante:

“forneceram algumas das bases mais importantes para o processo brasileiro de reforma psiquiátrica” e são baseadas na “reconstrução dos processos de vida, das relações sociais, das práticas de cooperação, ajuda mútua, reconhecimento, solidariedade, pertencimento, etc.”

Tosquelles foi uma influência importante para Frantz Fanon, seu aluno. Mas não só, Félix Guattari, Horace Torrubia, Jean Oury, Lucien Bonnafé, Roger Gentis, Yves Racine, surrealistas, militantes comunistas e anarquistas foram influenciados por suas ideias libertárias e antifascistas.

Artigo anteriorO Fenômeno da Medicalização no Ensino Superior Brasileiro
Próximo artigoMenopausa: Como a Cannabis Medicinal pode Auxiliar as Mulheres
Graduada em Psicologia pela UERJ, especialista em Terapia Familiar pelo IPUB/UFRJ, com ênfase em saúde mental. Pesquisadora auxiliar do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz Antonio Ivo de Carvalho (CEE/Fiocruz) e Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial(LAPS/ENSP/Fiocruz) Produtora e apresentadora do podcast Enloucast. Além de atuar como psicóloga clínica. Áreas de interesse: Saúde Mental, Terapia Sistêmica, Diálogo Aberto, Construcionismo Social, Medicalização e Patologização da vida