VIAGEM AO MANICÔMIO

0
186

“Journey to the Madhouse é a poderosa e impactante história pessoal da luta de Kate Millett para manter o controle de sua vida após ter sido diagnosticada como maníaco-depressiva. Após dois breves internamentos em instalações psiquiátricas, a artista, escritora e ativista feminista começa a viver aterrorizada por estar presa novamente. Finalmente, seu pior pesadelo se torna realidade e ela é internada durante uma viagem à Irlanda por decisão de seus parentes. Nestas memórias, Millett evoca magistralmente o percurso de montanha-russa de sentimentos que a desordem bipolar implica (euforia e desespero; paranoia e desespero; angústia e vergonha de se conhecer como incapaz) e constrói uma trajetória de luta pels direitos civis dos doentes mentais na sociedade e na família. Millett, que morreu em 6 de setembro de 2017, provocando uma onda de reações no mundo artístico e feminista (“a revolucionária sexual”, segundo o El País), publicou sua tese Política Sexual em agosto de 1970, onde ofereceu uma ampla crítica à sociedade patriarcal na sociedade e na literatura ocidental. Em particular, ela ataca o que ela visualiza como sexismo e heterossexismo nos romancistas D.H. Lawrence, Henry Miller e Norman Mailer, contrastando suas opiniões divergentes com o ponto de vista do romancista e poeta Jean Genet.” Patrícia Rey

Acesse o livro →